quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Mostra Bhava - O Universo do Cinema Indiano em São Paulo!

-

Queridos, hoje começa a Mostra Bhava - O Universo do Cinema Indiano em São Paulo! Abaixo segue o texto da própria curadoria da mostra, com a programação completa e todas as sinopses no final.

E no dia 7 de março, quarta-feira, a mostra organizará um debate e eu estarei na mesa! Quero ver todos vocês lotando o auditório do CCBB não só no dia do debate, mas também em todos os outros filmes.

Pra quem quiser seguir mais de perto, a mostra tá com uma página no facebook. Clique aqui e acompanhe as novidades mais de perto!

Nos vemos lá!

--


De 29 de fevereiro a 11 de março, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo promove BHAVA: UNIVERSO DO CINEMA INDIANO, maior panorama do cinema indiano integralmente em 35 mm  já realizado em São Paulo, em paralelo à exposição internacional ÍNDIA, também em cartaz.  A mostra é uma iniciativa da Tantri Arte e Cultura, organização cultural que trabalha pelo intercâmbio entre a cultura brasileira e indiana, em parceria com a Mostra Panorama do Festival Internacional de GOA (IFFI – Internacional Film Festival of Índia), o mais importante festival de cinema do país.

O projeto, que leva em seu nome a palavra BHAVA, do sânscrito emoção, traz os diversos sentimentos deste país, traduzidos nos 19 filmes. O intuito é apresentar e valorizar a vasta e diversificada indústria cinematográfica da Índia, trazendo um diferencial autêntico e profundo de seu cinema contemporâneo, que desmistifica a ideia de que cinema indiano é somente Bollywood.  “Buscamos reunir todas as vertentes do cinema da Índia, indo muito além da indústria de Bollywood, que representa cerca de 30% da produção total da Índia e já é bastante conhecida no Brasil. Optamos por priorizar todas as demais indústrias do cinema indiano, que se encontram espalhadas pelas principais regiões do país”, destaca Ananda Jyothi, que assume a curadoria ao lado de Carina Bini.

As mais de 1.000 produções anuais estão espalhadas por regiões utilizam suas próprias linguagens e idiomas e são grandes indústrias de cinema como Cinema Marathi (do estado Maharashtra), Cinema Malayalam (do estado de Kerala), Cinema Telugu (do estado Andhra Pradesh), Cinema Tamil (do estado Tamil Nadu), Cinema Híndi (norte do país), Cinema Bengali (do estado Bengal) e Cinema Kannada (do estado Karnataka). “Neste panorama vamos mostrar as peculiaridades de cada região. Os filmes que estamos trazendo foram todos premiados e fizeram grande bilheteria nos cinemas indianos. A um só tempo, a mostra alia cinema independente, de arte e super-produções, todos de excelente qualidade e vitoriosos em festivais nacionais e internacionais”, completa.

Todos os títulos da Bhava: Universo do Cinema Indiano serão exibidos em 35mm, com o melhor da produção da sétima arte indiana, incluindo obras recentes de mestres como Adoor Gopalakrishnan e de expoentes como Prya Dharshanan, além de um debate com personalidades indianas e brasileiras e um panorama dedicado à filmografia de mulheres cineastas da Índia, em homenagem ao dia da mulher.

Durante a mostra, importantes títulos serão exibidos como: QUATRO MULHERES, de Adoor Gopalakrishnan, cultuado como o novo Satyajit Ray; DHARM, de Bavana Talwar, filme premiado na Índia, exibido no encerramento de Cannes, em 2007, e que ainda inspirou Glória Peres em diversos personagens da novela Caminho das Índias; JUST ANOTHER LOVE STORY, de Kaushik Ganguly, e NAVARASA, de Santosh Shivan, primeiros dois longas indianos que tratam da questão do homossexualismo, justificados dentro de uma visão bem particular.

Bhava: Universo do Cinema Indiano  - de 29 de fevereiro a 11 de março

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo – Sala de Cinema (70 lugares)
Rua Álvares Penteado, 112 - Centro - CEP: 01012-000 / São Paulo (SP) 
Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 20h.
INGRESSOS: R$ 4 e R$ 2 (meia), válido durante a mostra, para acesso à sala de cinema, por meio de senhas. As senhas deverão ser retiradas 1h antes de cada sessão.
Fone: (11) 3113-3651/3652

PROGRAMAÇÃO - BHAVA: UNIVERSO DO CINEMA INDIANO

DIA 29 Fevereiro | Quarta
13h - Gulabi Talkies (Gulabi Talkies /129min.
15h30 - Marinheiro (Kutti Srank / 133min.)
18h - Nove Emoções (Navarasa / 90min.
20h - Harishchandrachi Factory (Harishchandrachi Factory / 128min.)

DIA 01 Março | Quinta
15h - Moner Manush (Moner Manush /150min.)
18h - Dança da Vida (Aadum Koothu / 106min.
20h - Cidade da Seda (Kanchivaram / 117min.)

DIA 02 Março | Sexta
15h - Gulabi Talkies (Gulabi Talkies / 129min.)
17h30 - Marinheiro (Kutti Srank / 133min.
20h - Mais uma história de amor (Just Another Love Story / 129min.)

DIA 03 Março | Sábado
15h - Dança da Vida (Aadum Koothu / 106min.)
17h - Quatro Mulheres (Naalu Pennungal / 105min.)
19h - Kalamandalam Gopi (Kalamandalam Gopi  / Doc. 43min.)
20h – Enigma (Paheli / 141min.)
 
DIA 04 Março | Domingo
15h - Nove Emoções (Navarasa / 90min.)
17h - Dharm (Dharm /104min.)
19h - Moner Manush (Moner Manush / 150min.)
 
DIA 07 Março | Quarta
13h - Harishchandrachi Factory (Harishchandrachi Factory / 128min.)
15h30 - Enigma (Paheli / 141min.)
18h30 - DEBATE
20h30 - Mais uma história de amor (Just Another Love Story / 129min.)

DIA 08 Março | Quinta
HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES
15h – Salam Bombay (Salam Bombay / 113min.)
17h15 – Apresentação de Dança Indiana
Exibição de A Dança de Alarmel Valli (Pravahi /Doc. 30min.)
18h30 - Dharm (Dharm / 104min.)
20h30 – Quatro Mulheres (Naalu Pennungal / 105min.)
 
DIA 09 Março | Sexta - Homenagem às Mulheres
15h - Haat: O Bazaar Semanal (Haat: The weekly Bazar / 98min.)
17h - Sringaram (Sringaram / 117min.)
19h15 - Dagar (Dagar / Doc. / 63min.)
20h30 - Um Copo de Chai (Ek Cup Chya/ 120min.)  

DIA 10 Março | Sábado - Homenagem às Mulheres
15h - Salam Bombay (Salam Bombay / 113min.)
17h30 - Kalamandalam Gopi (Kalamandalam Gopi / Doc. / 43min.)
18h30 - Haat: O Bazaar Semanal (Haat: The weekly Bazar / 98min.)
20h30 - Dharm (Dharm / 104min.)

DIA 11 Março | Domingo
15h - Um Copo de Chai (Ek Cup Chya/ 120min.)  
17h15 - Dagar (Dagar / Doc. / 63min.) + A Dança de Alarmel Valli (Pravahi / Doc. /30min.)
19h - Cidade da Seda (Kanchivaram / 117min.)

SINOPSES FILMES

Mais uma história de amor (Just Another love Story)
Diretor: Kaushik Ganguly             
Idioma / Indústria: Bengali         
Duração: 129 min.          
Ano: 2010            
Sinopse: Chapal Bahdum, homossexual famoso pelos personagens femininos que interpretou na década de 70, vive saudosista do passado glamuroso. Ao aceitar que sua história seja tema de um documentário, vê-se obrigado a enfrentar novamente a fúria do preconceito da mídia e da sociedade.

Enigma (Paheli)                 
Diretor: Amol Palekar   
Idioma / Indústria: Hindi              
Duração: 141 min.          
Ano: 2005
Sinopse: Apaixonado por uma linda jovem e se aproveitando da ausência por cinco anos do marido que só pensa em dinheiro, um fantasma assume a aparência do marido e vive com sua amada sem que esta saiba que está vivendo com um fantasma. Com o retorno do marido a jovem enfrentará um dilema entre o amor verdadeiro e a fidelidade.

Moner Manush (Moner Manush)               
Diretor: Goutam Ghose                 
Idioma / Indústria: Bengali         
Duração: 150 min.          
Ano: 2010            
Sinopse: Lalan Faqir, e seus ideais de liberdade, viveu num período de extrema superstição, na sociedade indiana do século 19. Sua Filosofia era baseada na mais liberal e Iluminada tradição do Hinduísmo, Budismo e Islamismo. Mais tarde, seu pensamento serviu, ironicamente, de pretexto para o surgimento de facções fundamentalistas.

Marinheiro (Kutti Srank)               
Diretor: Shaji N Karun   
Idioma / Indústria: Malayalam
Duração: 133 min.
Ano: 2010            
Sinopse: Um dia, a polícia local descobre o cadáver de homem não identificado, e três mulheres surgem reclamando o corpo que alegam ser de Kutty Srank, um marinheiro. Cada uma das três mulheres: monja budista, uma presidiária e uma muda, afirmam serem esposas de Kutty Srank.

Harishchandrachi Factory (Harishchandrachi Factory) 
Diretor: Paresh Mokashi              
Idioma / Indústria: Marathi        
Duração: 128 min.
Ano: 2009
Sinopse: Depois de sair de uma sociedade comercial, Palkhe decide fazer seu primeiro filme. Viaja para a Inglaterra disposto a aprender tudo sobre a nova arte. Após retornar ao seu país, Palkhe organiza atores e técnicos e com apoio da família realiza o filme quem veio a se tornar o marco inicial da indústria cinematográfica indiana.

Cidade da Seda (Kanchivaram)
Diretor: Priya Darshanan             
Idioma / Indústria: Tamil              
Duração: 117 min.          
Ano: 2008            
Sinopse: Vengadam é um tecelão operário de uma fábrica têxtil que promete à sua filha recém nascida que irá cobri-la de seda no dia de seu casamento. Tornando-se ativista político o tecelão luta pelos direitos dos operários o que acaba fechando a fábrica e pondo em risco o cumprimento de sua promessa.

Gulabi Talkies (Gulabi Talkies)   
Diretor: Girish Kasaravalli          
Idioma / Indústria: Kanada         
Duração: 122 min.          
Ano:2008             
Sinopse: Gulabi é uma parteira apaixonada por cinema. Mulçumana num vilarejo de maioria hindu vê sua reputação melhorar depois que ganha uma televisão de uma cliente rica. O sumiço de sua amiga Netru, com quem compartilhava seus problemas conjugais e amor pelos programas de tv, coloca Gulabi como a principal suspeita.

Quatro Mulheres (Naalu Pennungal)      
Diretor: Adoor Gopalakrishnan                 
Idioma / Indústria: Malayalam
Duração: 105 min.          
Ano: 2007            
Sinopse: O filme é uma adaptação de quatro contos do conhecido autor Thakazhi Sivasankara Pillai, que narra as estórias de quatro mulheres com diferentes experiências de vida, mas que possuem em comum a luta entre os desejos pessoais de felicidade e a necessidade de corresponder às expectativas da família e da sociedade.

Dança da Vida (Aadum Koothu)
Diretor: TV Chandran
Idioma / Indústria: Tamil              
Duração: 106 min.          
Ano: 2006            
Sinopse: Manimekhala, uma jovem universitária sensitiva que tem visões sobre um estranho filme sempre que utiliza seu bracelete. As narrativas do filme entrelaçam-se para contar uma história de opressão, desafio e a busca do amor. Trata-se de um filme sobre o próprio fazer cinematográfico.

Nove Emoções (Navarasa)             
Diretor: Santosh Shivan                
Idioma/Indústria: Tamil                
Duração: 90 min.             
Ano: 2005            
Sinopse: Sweta é uma menina de 13 anos. Seu tio transformista foge de casa para interpretar uma personagem que se “casa” com Aravan, personagem do épico Mahabharata, num festival conhecido como Koovagam. Após a fuga de seu tio, Shweta decide procurá-lo e trazê-lo para casa, e ao longo do caminho, porém, ela descobre uma nova cultura através dos novos amigos do terceiro gênero.

Haat: O Bazar Semanal (Haat: The Weekly Bazar)
Diretor: Seema Kappor                  
Idioma /Indústria: Hindi               
Duração: 98 min.             
Ano: 2011            
Sinopse: Ao tentar separar-se do marido, Sanja enfrenta um antigo costume que a obriga a pagar ao esposo para fugir da humilhação pública. Em meio à sua tragédia, ela passa a ver Ambika, fantasma de uma mulher do século XVIII cujo espírito só alcançará a paz se uma mulher tiver a coragem de lutar e não se submeter a tal punição.

Um Copo de Chai (Ek Cup Chya) 
Diretor: Sumitra Bhave                  
Idioma / Indústria: Marathi        
Duração: 120 min.          
Ano: 2009            
Sinopse: Certo dia, a família Sawant é surpreendida com uma gigantesca conta de eletricidade. Eles se sentem enganados e humilhados pela indiferença da burocracia dos órgãos competentes. O resgate da dignidade e a luta pelos direitos de Kashinath chegam através do apoio do amigo motorista Sayyad e do ativista Dr. Durga.

Sringaram (Sringaram)                  
Diretor: Sarada Ramanatham  
Idioma / Indústria: Tamil              
Duração: 117 min.          
Ano: 2007            
Sinopse: Sringaram narra a estória de Devadasi, uma dançarina de um templo, e sua busca de identidade e emancipação. Uma elegante e contemporânea representação das manifestações tradicionais, na Índia dos anos 20, permeada de visuais deslumbrantes e magnífica música. 

Salaam Bombay (Salaam Bombay)          
Diretor: Mira Nair            
Idioma / Indústria: Hindi              
Duração: 113 min.          
Ano: 1989            
Sinopse: O filme narra a estória de Krishna, um menino de dez anos, abandonado por um circo ambulante. Sem rumo, ele vai para Bombay, em meio ao turbilhão da grande metrópole. O garoto sonha em trabalhar e guardar 500 rúpias que o levarão de volta à sua casa e para os braços de sua mãe.

Dharm (Dharm)                 
Diretor: Bhavana Talwar              
Idioma / Indústria: Hindi              
Duração: 104 min.          
Ano: 2007            
Sinopse: Pandit Chaturvedi, um sacerdote Brahmani, adota uma criança abandonada. Com a descoberta da origem mulçumana da criança, o sacerdote a devolve e busca purificar-se. Tempos depois a criança volta buscando refúgio dos confrontos entre hindus e mulçumanos, obrigando Pandit a rever as intolerâncias de sua crença.

Kalamandalam Gopi (Kalamandalam Gopi)       
Diretor: Adoor Gopalakrishnan                 
Documentário
Idioma / Indústria: Malayalam
Duração: 43 min.             
Ano: 2000            
Sinopse: Kalamandalam Gopi, um renomado artista de Katahakali, está no apogeu de sua carreira e é considerado um dos melhores de todos os tempos em sua arte. O artista interpreta todos os tipos de papéis: pacha, kathi ou kari. Gopi não separa sua arte de sua vida e gostaria de morrer no palco representando.

Dagar (Dagar)  
Diretor: Aravind Sinha  
Documentário
Idioma/Indústria: Hindi                
Duração: 63 min.             
Ano: 2006            
Sinopse: Dagar é uma lenta jornada meditativa sobre a vida e as tradições dos Dagars, que vêm praticando dhrupad , estilo de canto antigo, por 20 gerações. A fusão da densidade da herança musical dos Dagars com os novos sons contemporâneos proporcionam momentos de deleite e profundo encantamento.

The Dance of a Alarmel Valli (Pravahi)   
Diretor: Arun Khopkar  
Documentário
Idioma / Indústria: Hindi              
Duração: 30 min.             
Ano: 2005            
Sinopse: Apaixonado por uma linda jovem, um fantasma assume a aparência do marido, que sai em viagem e vive feliz com sua amada que não desconfia da verdade. Com o retorno do marido, a jovem enfrentará um dilema entre o amor verdadeiro e a fidelidade.

Cinema com um Propósito           
Diretor: Anu Radha         
Documentário
Idioma: Inglês
Duração: 30min.              
Ano: 2008            
Sinopse: Documentário com diretores e críticos de cinema sobre todas as indústrias cinematográficas do país e suas peculiaridades;
-

4 comentários:

Renata F. disse...

Ibirá querido...como eu queria estar presente ao debate! Essa mostra é qq coisa assim...sem palavras. Espero que seja uma porta de entrada para o cinema indiano no circuito comercial aqui no Brasil. Aqui no RJ a mostra foi uma maravilha (os folders que eles dão são lindos!) e tenho certeza que aí em Sampa também vai ser um sucesso.

Grande abraço!
E viva o Cinema Indiano!!!

Anônimo disse...

Muito interessante mesmo, aliás o dono do blog viu uma matéria sobre uma Marajá que vive em um palácio em Jaipur capital do Rajastão? No Domingo espetacular 08/04/2012, uma palácio com mais de 300 quartos, um luxo tremendo, contrastando com a miséria da população? Saberia o nome do principe filho do marajá que sofreu um acidente de cavalo hà 7 anos e ficou de cadeira de rodas, o Marajá inclusive nem fala muito no assunto e nem mostra a imagem dele atual, tem um vídeo do tal principe antes do acidente, no youtube mostrando este palácio é em francês, parece ator de Bollywood muito bonito, e é o único herdeiro mas sem filhos parece que se chama Gan Sing o príncipe acidentado. Na página do
R7 tem eta matéria em vídeos.

Dane Nazareno disse...

olá, coordeno um cineclube em sao gabriel da cachoeira, noroeste do amazonas, o CINE ALTO RIO NEGRO, gostaria de saber como faço pra adiquirir os filmes indianos?

esse é meu blog www.inclusaoaudiovisualsgc.blogspot.com

Dane Nazareno disse...

olá, coordeno um cineclube em sao gabriel da cachoeira, noroeste do amazonas, o CINE ALTO RIO NEGRO, gostaria de saber como faço pra adiquirir os filmes indianos?

esse é meu blog www.inclusaoaudiovisualsgc.blogspot.com