segunda-feira, 28 de março de 2011

Raajneeti (2010) na quinta edição do CINEÍNDIA

.


Seguindo com o nosso Ciclo de Discussão para 2011, já estamos na terceira edição do CINEÍNDIA no ano, quinta desde que começamos, e desta vez vamos jogar as emoções “lá em cima”.

O filme escolhido é Raajneeti, do diretor Prakash Jha. Controverso, instigante e revelador. Trata de um tema muito delicado pra qualquer nação do mundo: a política.

O diretor foi acusado de ter feito diversas referências a acontecimento reais na Índia, tais como: As concessões que uma mulher deve fazer para ascender ao poder indiano, o forte preconceito a mulçumanos, violência, sabotagem e etc. Obviamente, Prakash negou tudo e editou o filme para que pudesse passar pelo órgão censor indiano e, mesmo assim, não removeu a carga que este possui.

As intenções do diretor são muito claras durante toda a história. Tanto que assumiu o cargo de produtor da obra, também chamou um elenco estelar para atuar e foi duro em suas críticas.

Infinitamente mais que em “Tropa de Elite”, Raajneeti levantou muita poeira com seu lançamento.

Agora teremos mais uma oportunidade de confirmar que política é igual em qualquer lugar do mundo, seja aqui no Brasil ou nos confins indianos.


Cineclube CINEÍNDIA – “RAAJNEETI”
03 de Abril de 2011, às 18h00.
Local: CECISP – Centro Cineclubista de São Paulo
Rua Augusta, 1239, sala 13
Próximo ao Metrô Consolação 
*Grátis*

Para mais informações: 11-9804-4835 (Ibirá) ou 11-9562-5273 (Heber)


Sinopse:

Pertencente à proeminete família de políticos cruéis (Família Uttar-Pradesh), Samar Pratap está prestes a voltar pros braços de sua namorada americana, Sarah, nos EUA; porém o inesperado acontece e seu pai, Chandra, é assassinado. Ele, por sua vez, decidi ficar na Índia e vingar a morte do pai. Pra isso, é obrigado a com a aspirante-política, Indu Sakseria. 

Seu irmão, Prithviraj, assume o controle do partido indiano que seu pai chefiava antes de morrer. Os irmãos, agora, ganham inimigos poderosíssimos, inclusive seu tio, Brij Gopal. De um lado os dois irmãos querendo vingança e do outro o tio influente e conseguindo cada vez mais a aliança dos povos das castas inferiores. 

Raajneeti surpreende a cada minuto e não deixa os arrepios cessarem em nenhum momento. Fortes cenas dramáticas, explosões, perseguições, atuações excelentes, o filme não fica para trás de nenhum filme de ação já produzido pelo mundo, muito menos pra Hollywood.

Sobre o diretor:

Prakash Jha é diretor, roteirista e produtor. É conhecido por sempre acordar temas sócio-políticos em suas obra. Com isso, durante sua extensa carreira de cineasta, já criou muita controvérsia na Índia. Talvez venha daí seu sucesso. Mas seria injusto tirar seus méritos como ótimo em tudo que faz, em qualquer cargo que assuma numa produção. Seu currículo é de causar inveja: 25 documentários, 9 longas pra cinema, 2 pra TV e 3 séries de TV.

E não é de se surpreender que ele já concorreu duas vezes às eleições em seu país, infelizmente, perdendo as duas vezes.


Organização: Ibirá Machado e Heber Souza, em parceria com o Centro
Cineclubista (CECISP).

O CinemaIndiano.com e o CINEÍNDIA são parceiros do CECISP e do Cinefusão.
.

2 comentários:

leo p.i.xx disse...

Esse filme é muito bom, como eu queria morar em São Paulo para sempre participar das sessões do Cineíndia! sempre participar das sessões do Cineíndia!

Ibirá Machado disse...

:)