segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

58th Filmfare Awards




Aconteceu ontem, em Mumbai, a festa de entrega dos prêmios do 58th Filmfare Awards. É a maior premiação de Bollywood e como a votação é aberta ao público, mostra quem está em evidência na indústria.

A grande surpresa da noite foi a repetição da dobradinha nas categorias Melhor Ator e Melhor Atriz, também vencidas por Vidya Balan e Ranbir Kapoor no ano passado. Desta vez, ela venceu por sua irrepreensível atuação em Kahaani, e ele pelo aclamado Barfi!.

Barfi!, Kahaani e Gangs Of Wasseypur foram os grandes vencedores da noite. Barfi! ficou com os prêmios de Melhor Ator, Melhor Trilha Sonora, Melhor Direção de Arte, Melhor Atriz Estreante, Melhor Direção de Arte, Melhor Som de Fundo, o esquisito "Lançador de Tendência" (algo como "quem ditou a moda no ano") e o maior prêmio da noite, Melhor Filme. Kahaani levou os prêmios de Melhor Diretor, Melhor Atriz, Melhor Cinematografia, Melhor Edição e Melhor Edição de Som. Nas categorias populares, Gangs Of Wasseypur ganhou apenas o prêmio de Melhor Diálogo. Nas da crítica e técnicas, levou Melhor Atriz Estreante, Melhor Filme e Melhor Ação.

A lista de premiados mostra diferenças claras em relação ao padrão visto em outros anos. Não há predomínio de nenhum filme dos Khans (Aamir, Shahrukh e Salman) e entre as escolhas do público há filmes menos românticos e com propostas mais inovadoras do que temos visto recentemente — Barfi! traz Ranbir no papel de um rapaz surdo e mudo e Kahaani é um thriller que relata a jornada de uma mulher grávida em busca de seu marido desaparecido. Também me agradou ver Anushka Sharma finalmente ganhando um prêmio (Melhor Atriz Coadjuvante) no Filmfare. Ela tem aumentado seu público desde o ótimo Band Baaja Baaraat e é uma das melhores atrizes da nova geração de Bollywood.

Vidya Balan ser a vencedora por dois anos seguidos na categoria popular em função de papéis não-românticos é muito significativo. Mostra que está ficando ultrapassada a ideia de que heroínas não conseguem atrair o público sozinhas. Os dois filmes — The Dirty Picture e Kahaani — tiveram apenas Vidya como protagonista e apresentaram personagens fortes, complexas e ousadas.

O prêmio pelo conjunto da obra é dado anualmente a algum artista consagrado, cuja carreira ajudou a definir o cinema hindi como é. O homenageado do ano foi Yash Chopra, diretor que faleceu em setembro de 2012, pouco após finalizar seu último filme (Jab Tak Hai Jaan).

Esta é a lista completa dos vencedores:

Melhor Filme: Barfi!

Melhor Filme pela Crítica: Gangs Of Wasseypur

Melhor Diretor: Sujoy Ghosh (Kahaani)

Melhor Ator: Ranbir Kapoor (Barfi!)

Melhor Ator pela Crítica: Irrfan Khan (Paan Singh Tomar)

Melhor Atriz: Vidya Balan (Kahaani)

Melhor Atriz pela Crítica: Richa Chadda (Gangs Of Wasseypur)

Melhor Ator Coadjuvante: Annu Kapoor (Vicky Donor)

Melhor Atriz Coadjuvante: Anushka Sharma (Jab Tak Hai Jaan)

Melhor Atriz Estreante: Ileana D' Cruz (Barfi!)

Melhor Ator Estreante: Ayushmann Khurrana (Vicky Donor)

Melhor Trilha Sonora: Pritam (Barfi!)

Melhor Cantora de Playback: Shalmali Kholgade (Pareshaan, de Ishaqzaade)

Melhor Cantor de Playback: Ayushmann Khurrana (Paani Da Rang, de Vicky Donor)

Diretor Estreante Mais Promissor: Gauri Shinde (English Vinglish)

Melhor Ação: Sham Kaushal (Gangs Of Wasseypur)

Melhor Direção de Arte: Rajat Podar (Barfi!)

Melhor Som de Fundo: Pritam (Barfi!)

Melhor Cinematografia: Setu (Kahaani)

Melhor Coreografia: Bosco-Caesar (Aunty Ji, de Ek Main Aur Ekk Tu)

Melhor Edição de Som: Sanjay Maurya e Allwin Rego (Kahaani)

Melhor Edição: Namrata Rao (Kahaani)

Melhor Figurino: Manoshi Nath e Rushi Sharma (Shanghai)

Melhor Letra de Música: Gulzar (Challa, de Jab Tak Hai Jaan)

Prêmio RD Burman para Novo Talento na Música: Neeti Mohan (Jiya Re, de Jab Tak Hai Jaan)

Melhor História Original: Juhi Chaturvedi (Vicky Donor)

Melhor Roteiro: Sanjay Chouhan e Tigmanshu Dhulia (Paan Singh Tomar)

Melhor Diálogo: Anurag Kashyap, Akhilesh Jaiswal, Sachin K Ladia e Zeishan Qadri (Gangs Of Wasseypur)

Prêmio Sony de "Lançador de Tendência" do Ano: Barfi!

Prêmio pelo Conjunto da Obra: Yash Chopra

Nenhum comentário: