terça-feira, 30 de setembro de 2008

Before the Rains




Acabo de ler um texto sobre um filme indiano lançado ano passado, que poderíamos classificá-lo por cinema paralelo, de arte, da Índia. É dirigido por Santosh Sivan e conta com dois atores indianos bons e famosos (Rahul Bose e Nandita Das), mas ambos costumam trabalhar fora do circuito comercial. Nandita é até mais conhecida principalmente por ter protagonizado dois dos filmes mais famosos de Deepa Mehta, Fire e Earth. Ainda não vi Before the Rains (Antes das Chuvas), mas verei em breve e colocarei minha opinião. Por hora, acho que vale vocês lerem o artigo que li:

Uma Índia sem ser a de Bollywood
por Letícia Simões (www.sidneyrezende.com)

A prerrogativa: a relação entre o estrangeiro e a colônia, que quase sempre acaba em tragédia. Parece batido, não? Mas no caso de "Before the Rains", filme do diretor indiano Santosh Sivan, a história, que parece simples a um primeiro momento, aparece na tela com tintas tão sofisticadas e belas que o filme se torna incrível.

Moores, um inglês esnobe e arrogante quer construir uma estrada para exportar especiarias da Índia para a Europa. As obras devem ser finalizadas antes das monções, as chuvas torrenciais que inundam o país no verão. Como braço direito, Moores possui um indiano civilizado - T.K., o nome europeu para Neelan. Para completar a difícil equação, Sajani, uma bela indiana, casada por contrato com um homem violento, apaixona-se pelo patrão.

Quando, concomitantemente, o marido de Sajani descobre a infidelidade de sua mulher - mas sem descobrir que o homem é o inglês -, e a família de Moores aporta na Índia, a trama torna-se cada vez mais instigante até desaguar em um incrível e não esperado final.

Before the Rains é uma adaptação de "Red Roofs", uma das três histórias dentro do filme israelense "Yellow Asphalt", sobre um fazendeiro judeu que mantém um caso com sua assistente, uma beduína, e as conseqüências que esse romance trará não apenas para suas vidas, como para a vila inteira.

Todavia, o personagem mais complexo e interessante da adaptação indiana é T.K., com sua fidelidade cega ao patrão inglês, mas um sangue indiano que pulsa mais forte, especialmente por seu pai ser o líder do conselho tribal. A transformação pela qual ele vai passar, inclusive com sua fidelidade à rainha sendo posta à prova, oferece os momentos mais tensos do filme. T.K. quer viver com um pé em cada mundo - a tradição e a modernidade. Obviamente, isso não daria certo.

A belíssima fotografia do filme, filmado em Kerala, ao sul da Índia, cria seqüências deslumbrantes, e a beleza dos rituais indianos é fotografada de modo perfeito - revela toda a exuberância e riqueza dessa cultura, mas não estereotipa nem a torna ridícula, como em alguns filmes de Bolywood.

Before the Rains muito facilmente poderia cair em um sentimentalismo barato, mas Sivan conduz o espectador de forma bastante realista. A personagem de Sajani poderia cair no estereótipo da mocinha abandonada, mas Nandita Das consegue construir uma mulher ingênua e apaixonada que não se conforma com as regras ditadas muito antes dela existir - mas que não tem forças para confrontá-las.
-

2 comentários:

Profª Sandra Bose disse...

A Nandita Das eh uma otima atriz e todo filme rodado no Kerala acaba sempre tendo uma bela fotografia pois eh o estado mais belo da India em termos de beleza natural.

Profª Sandra Bose disse...

Nandita vai lancar este ano seu primeiro filme como produtora e diretora, deve ser coisa boa!!!
Vamos aguardar.....