quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Trilogia de Apu no SESC de Cuiabá

-

Atenção matogrossenses, pode ser um pouco em cima da hora, mas hoje, 24 de setembro, será exibido o primeiro filme da Trilogia de Apu, do renomadíssimo e eterno Satyajit Ray.

O SESC Arsenal, em Cuiabá, realiza esta breve mostra do mestre bengalês, exibindo um filme por dia em seu CineSESC, e de forma gratuita. Eu não posso afirmar, mas é muito possível que seja a primeira vez que uma obra indiana esteja sendo exibida no estado do Mato Grosso. E assistir Satyajit Ray é ver uma obra de quem teve a capacidade de tornar-se referência absoluta no mundo cinematográfico.

Poucas são as oportunidades que temos de ver obras indianas no cinema aqui no Brasil, e menos ainda são as chances de vê-las gratuitamente. Pois então aproveitem! No site do SESC Arsenal vem o seguinte:

"Mostra de cinema indiano, com três obras do diretor Satyajit Ray, praticamente inéditos no Brasil, e possuem aproximações com o cinema brasileiro em obras como Rio 40 Graus (1955), de Nelson Pereira dos Santos, marco inicial do Cinema Novo. Satyajit Ray é um desses nomes que figuram em todos os compêndios de história do cinema por méritos próprios. Premiado em Berlim, Cannes, Veneza e ganhador de um Oscar honorífico no ano de sua morte, 1992, sua carreira se estendeu durante 5 décadas, porém, o ponto culminante é a famosa Trilogia de Apu, rodada entre 1955 e 1959."

E vale aqui alertar que o nome Trilogia de Apu é assim dado por se tratar efetivamente de uma trilogia, pois cada filme é sequência do outro. Não há problema em ver apenas um dos filmes, pois a beleza de cada um deles já vale, mas a obra em si é exatamente a composição dos três filmes.

24/09 - A Canção da Estrada

25/09 - O Invencível

26/09 - O Mundo de Apu

19h - CineSESC - Entrada Franca

9 comentários:

Profª Sandra disse...

Amore,
Eu nao me conformo como os bengaleses cultuam a pobreza em seus filmes e literatura. Claro que conheco os fatos historicos e os psicanaliticos, mas depois de ler os livros e assistir aos filmes, CANSEI. Mas isto so vale mesmo para mim que morei em Calcuta 2 anos e casei-me com um bengales. Para as demais pessoas eh super valido assistir a trilogia, ate porque eh bem feita e bastante realista.
A minha visao eh sempre diferente de quem nunca veio a India e em especial a horrenda Calcuta.
Om Shanti

barbie-o disse...

Já agora, aproveito para dizer que há imensos filmes de Satyajit Ray (e não só) para download neste site.

Ponham nos favoritos, é um verdadeiro achado!

Ibirá Machado disse...

Sandra, é que o movimento do cinema neorealista dos anos 50 tinha como principal objetivo retratar justamente a realidade da maioria da população do planeta... e fazer isso requeria muita sensibilidade, que não foram muitos os capazes de fazer!

Barbs, wah! Bahut amazing hai! Fantástico esse site, não conhecia! Obrigado! :D

barbie-o disse...

De nada! Eu passo horas a navegar nesse site ;)
E é excelente para quem, como eu, é torrent-ly challenged :s

Ibirá Machado disse...

Hahaha, pois bem imagino!

Profª Sandra disse...

eh bom um filme realista quando NAO se vive a realidade que esta sendo exibida, mas no meu caso, que tive de conviver com ela por 2 anos, TO FORA!!!!!
Mas hj vim aqui para te trazer as bencaos da Mae Durga :)
Feliz Durga Puja meu querido amigo!
Que os 10 bracos de Durga te protejam SEMPRE de todo o mal!!!
Om Shanti

Ibirá Machado disse...

Aaaahhh! OM TAT SAT! Jay Maa Durga!

Feliz Durga Puja pra vocês dois também, Sandroca, quer dizer, pra toda a família, o que inclui os felinos, mais do que merecidamente! :D

barbie-o disse...

Felinos e Durga. Uma das minhas gatas chama-se Durga também ^_^

Ibirá Machado disse...

>^.^<