quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Mostra de cinema indiano em Turim

-


Há pouco mais de um mês, a cidade italiana de Florença presenteou seus habitantes com o festival River to River, de cinema indiano, dentro de um festival bem maior de cinema internacional. Dessa vez, o norte do país será mais uma vez agraciado com o festival Bollywood, Bollywood!, dessa vez no Museu d'Arte Orientale (MAO) de Turim, que irá deste dia 14 de janeiro ao dia 11 de fevereiro de 2010.

Embora a extensão seja grande, apenas quatro filmes serão exibidos e que considero particularmente bem escolhidos para representar a Bollywood contemporânea, como se propõe essa pequena mostra. No site do museu temos um texto um tanto chavão, mas que deve ser traduzido aqui:

"Ignorado por décadas no ocidente, se não em sua manifestação mais nobre e comprometida, o cinema indiano goza hoje de uma inesperada popularidade. Expressão de um país com muitas facetas, que representa com fidelidade absoluta a natureza policromática e contraditória, fugindo de qualquer classificação rígida: como a masala, é uma verdadeira mistura de especiarias em cuja mistura os sabores aparentemente incompatíveis se fundem num composto surpreendentemente saboroso. O objetivo deste encontro é aprofundar as raízes, explorando as múltiplas ramificações e encontrar um substrato comum, na tentativa de encontrar as razões do sucesso de um fenômeno tão falado e tão incompreendido".

Bom, na abertura da mostra haverá uma conferência com Aelfric Bianchi que falará sobre "Il Meraviglioso Mondo di Bollywood" (O Maravilhoso Mundo de Bollywood), às 21h do dia 14/01. E os filmes a serem exibidos serão:  Devdas (21/01, às 20h), Main Hoon Na (28/01, às 20h), Jodhaa Akbar (04/02, às 18h) e Black (11/02, às 20h).

Endereço do museu, telefone etc., clique aqui. Os ingressos são gratuitos.

9 comentários:

Lucia disse...

O ano mal começou e ótimas notícias para o cinema indiano e, para nós seus fãs mais afoitos!!!!

Lígia disse...

Ibis, vc descobre cada coisa, rs
acho o máximo!

Ibirá Machado disse...

A gente faz o que pode ;)

Rodolfo disse...

ainda que não goste particularmente do Black, acho que a escolha de filmes foi muito boa!

Ibirá Machado disse...

Eu gosto de Black :)

Na verdade eu acho que dois filmes de Bhansali, dentre quatro, é um pouco exagerado, mas Devdas e Black são opostos, e por isso acho bem válida seleção.

Pedro disse...

Sobre Black:Bem achei o filme lindo e tal mas não consigo ver ele como um filme do Bhansali.
Devdas:DEVDAS NO CINEMA!ALGUÉM ME LEVA!(Isso sim é filme do Bhansali!)
Amei o cartaz!!

Ibirá Machado disse...

Pessoal, quem aí pode levar o Pedro? ;)

Eu também curti o cartaz.

Carol disse...

Vou passar por lá mesmo, estava a fim de rever Black.Levo o Pedro.

Pedro, não diga isso do Bhansali...se não fosse por Black, o homem não teria moral comigo.Consigo ver traços dele, sim.Na verdade, dá a impressão de que é ele melhorado.

Com essa coisa de computador morrendo, ando vendo mais filmes americanos.Acho que não sou tão dependente de dança quanto pensava, apesar de me fazer uma falta deprimente.

Ibirá Machado disse...

Pronto, Pedro, problema resolvido!