quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Kajol Devgan - काजोल देवगन - কাজল দেবগন

 -


Desfazendo um débito desmerecido que existia aqui no Cinema Indiano, hoje vamos finalmente desvendar um pouco da vida e obra de Kajol Devgan.

Kajol nasceu no dia 5 de agosto de 1975, em Mumbai, no berço de uma das mais proeminentes famílias do cinema. Sua mãe, Tanuja, de família marathi, é ainda uma reconhecida atriz, enquanto que seu pai, Shomu Mukherjee, de família bengalesa, foi um produtor de cinema. Sua tia materna, Nutan, é até hoje a detentora do recorde de maior número de prêmios de melhor atriz (cinco, no total) no Filmfare Awards. E ainda do lado materno, tanto sua avó, Shobna Samarth, quanto a bisavó, Rattan Bai, foram atrizes muito importante nos princípios do surgimento do cinema hindi.

Do lado paterno, dois de seus tios também são produtores, Joy Mukherjee e Deb Mukherjee. Seu avô, Sashadhar Mukherjee, era um diretor. Três tios-avôs de Kajol eram também atores famosos no passado: Ashok Kumar, Anoop Kumar e Kishore Kumar. Também outros três primos de Kajol são atores de Bollywood: Sharbani Mukherjee, Mohnish Behl e nada mais que Rani Mukerji. Outro primo seu, Ayan Mukerji, é um diretor. E finalmente, a irmã mais nova de Kajol, Tanisha Mukherjee, é também uma atriz. Fechando o parágrafo, Kajol trocou o sobrenome Mukherjee para Devgan após casar com o ator Ajay Devgan, em 1999.

Aos 17 anos de idade, Kajol deixou a escola St. Josephs Convent e foi já atuar. Estreou em 1992 no filme Bekhudi que, embora tenha sido um fracasso, deu projeção a Kajol por sua boa atuação. Já no ano seguinte ela estrelaria o filme Baazigar, o primeiro de tantos que fez ao lado de Shahrukh Khan e que foi seu primeiro sucesso.

No ano seguinte, o filme Udhaar Ki Zindagi foi super fracassado, mas sua performance foi de novo muito elogiada. Em seguida estrelou no sucesso Yeh Dillagi, ao  lado de Akhsay Kumar e Saif Ali Khan, sendo então indicada ao prêmio de melhor atriz no Filmfare Awards.

O ano de 1995 foi um dos mais importantes pra história de Kajol. Dois dos cinco filmes que ela fez no ano, Karan Arjun e Dilwale Dulhania Le Jayenge,  foram os maiores sucessos de 1995. Por este último (que é simplesmente o filme que bateu recorde de tempo em cartaz, estando até hoje num cinema em Mumbai, e no qual ela fez o mais famoso par com Shahrukh Khan) ela levou seu primeiro prêmio de melhor atriz no Filmfare Awards.

Seu único filme de 1996, Bambai Ka Babu, foi um fracasso. Em 1997, no entanto, Kajol voltou aos holofotes por ser a primeira atriz na história de Bollywood a ganhar o prêmio de melhor vilão, no Filmfare Awards, pos seu papel em Gupt: The Hidden Truth. Mas não ficou só nisso. Nesse mesmo ano, Kajol fez seu primeiro filme tamil,  Minsaara Kanavu, levando o prêmio de melhor atriz pelo Filmfare Awards South. E o ano fechou para Kajol com o filme Ishq, no qual conheceu Ajay Devgan - nome de filme bem sugestivo para contracenar com quem seria seu futuro marido!


Em 1998, Kajol apareceu ao lado de Salman Khan na comédia Pyaar Kiya To Darna Kya. Depois foi a vez de contracenar com Sanjay Dutt em Dushman. Em seguida, de novo ao lado de Ajay Devgan, apareceu em Pyaar To Hona Hi Tha. Até que, finalmente, contracenou com Shahrukh Khan no maior sucesso do ano, Kuch Kuch Hota Hai, pelo qual levou seu segundo prêmio de melhor atriz no Filmfare Awards.

No ano seguinte, Kajol apareceu em Dil Kya Kare e em Hum Aapke Dil Mein Rehte Hain, neste último ao lado de Anil Kapoor. No ano 2000 ela fracassou com o Raju Chacha. Já em 2001, embora seu primeiro filme tenha sido o também fracassado Kuch Khatti Kuch Meethi, o segundo foi o muito bem sucedido Kabhi Khushi Kabhie Gham, pelo qual ela levou o terceiro prêmio de melhor atriz no Filmfare Awards.


Após o sucesso em KKKG, Kajol decidiu engravidar e acabou passando cinco anos longe das câmeras. O retorno foi com Fanaa, em 2006, no qual apareceu ao lado de Aamir Khan, e pelo qual levou o quarto prêmio de melhor atriz no Filmfare Awards, igualando-se a Meena Kumari e Madhuri Dixit (e a apenas um prêmio de ficar par a par com sua tia). Depois disso Kajol apareceu em U, Me aur Hum, no ano de 2008.

Em 2010, Kajol aparecerá no aguardado My Name is Khan e está filmando neste momento Siddharth Malhotra's Next.


E vamos às intimidades e afins. Como já dito, Kajol casou-se com Ajay Devgan em 1999, no dia 24 de fevereiro. No dia 20 de abril de 2003 nasceu Nysa, a filha do casal. Em 2005, o casal participou no programa Kaun Benega Crorepati (o "Quem quer ser milionário?" indiano) e levaram 10 milhões de rúpias (dois milhões de reais). O dinheiro foi doado a um hospital do câncer, em Chennai. Em 2005 e em 2006, Kajol foi também uma das juradas no Indian Idol.

Em 2006, a Kajol desfilou na Fashion Week de Mumbai, vestindo as roupas de Manish Malhotra. No mesmo ano, foi lançada uma linha de bonecos com o nome Bollywood Legends. Kajol foi uma das lendas escolhidas para ser boneca, junto de Shahrukh Khan, Hrithik Roshan e Priyanka Chopra. Na edição especial de aniversário da Vogue India, em 2009, Kajol e Shahrukh Khan foram tema de capa da revista, na qual dizia:  "Kajol & Shah Rukh: A dupla mais mágica de Bollywood".

No campo social, Kajol é patrona e embaixadora da boa vontade do Loomba Trust, uma instituição de caridade voltada à educação de filhos de viúvas na Índia e em algus outros lugares do mundo. Além disso, ela também trabalha para a ONG Shiksha, que se preocupa em melhorar a qualidade do ensino das escolas da região de Nova Déli. Em novembro de 2008, Kajol recebeu o prêmio Karamveer Puraskar, oferecido às pessoas que, além da própria profissão, preocupam-se com a melhora das questões sociais.

20 comentários:

vivian disse...

Adoro esta atriz, mais nem imaginava que ela era casada com Ajay Devgan, mais esta foto dela com Shahrukh está muito linda.
E agora doida para assistir My name is Khan.As musicas do filme eu estou amando.
Namastê

Guacira disse...

Are baba...

EU Amo a Kajol....adoro ele e o SHK juntos.....acho ela engraçada, e muito sexy.

Ibirá Machado disse...

Eu concordo que se a Kajol fosse casada com SRK o casal seria ultramegapower.

Guacira, SHK é o SRK?... rs

Vinicius disse...

Nossa a Kajol é maravilhosa só vi um filme com ela e ela me conquistou...

adoro seus textos Ibirá :)

Ibirá Machado disse...

Hehe, obrigado, Vinicius :)

Pedro disse...

Tb adoro seus textos Guruji!
Eu adoro a Kajol em Fanaa ela estava excelente só KKKg que AFFF...

Priscila disse...

É pedro...KKKG, Aff
rsss

Mas eu adoro ela também!
Acho que é unanimidade
=D

Adorei ela em Fanaa também!!

Eu queria ser a Kajol para, além de tirar uma casguinha do SRK, não fazer a sobrancelha e ser feliz assim mesmo!!!

=D

Ibirá Machado disse...

Priscila, essa sua última frase foi a melhor de todas! Seja feliz, mulher! :)

Profª Sandra Bose disse...

Eu AMO o marido dela hehehehe Nao entendo porque ele nao eh tao famoso quanto os os Khans de Bollywood pois p/ mim ele eh um excelente ator alem de super charmoso ;)
Sei que o post eh sobre a Kajol que eh uma atriz linda mas prefiro mesmo eh falar sobre o marido dela que ainda eh desconhecido ai no ocidente.

barbie-o disse...

Muahahahahahah! A Priscilla esteve muito bem ;)
Eu só comecei a gostar da Kajol em Fanaa.
E quanto ao KKKG - matem-me! Que filme tão maaaaaaaaaau...

Ibirá Machado disse...

Sandra, de fato concordo que o Ajay mereceria mais destaque, principalmente porque acho que ele lembra o Salman Khan e este último recebe um destaque exageradamente estranho.

Barbie, ainda não vi Fanaa (é, mas verei em breve), mas já gostava dela desde que a vi em DDLJ, meu primeiro filme indiano a ser visto no cinema :D

Priscila disse...

hahaahahahaah

A Kajol me inspirou a levar uma vida mais natural sem grandes sacrifícios femininos!!!

:P

Nunca vi um filme com Ajay, portanto não posso falar muito, alguém me indica algum?

Isa disse...

Ela é uma fofa. Simpática e bonita. Adoro ver as entrevistas de canal de fofoca com ela.

E eu nem acho o Ajay Devgan tão galã assim. Se você procurar pelo Google, vai ver uma foto em que ele parece ter peitos. (Excesso de malhação pra ator indiano é o ó.)

Beijo!

Ibirá Machado disse...

Hahahahaha! É por causa dos peitos, e mais um pouco, que ele me lembra o Salman Khan!

Carol disse...

Barbie, ainda não vi uma pessoa nesta página que tenha uma boa opinião sobre KKKG!Eu detesto aquilo, sério.Não odeio tanto a ponto de nunca mais ver, só que ainda acho meio lixo.

O Ajay eu só vi como Omkara, e depois disso parece que não preciso ver mais nada: ele é muito bom ator.Nas cenas finais dele com a Kareena, fiquei muito sensível.Preciso rever esse filme de tão sensacional que ele é.

A Kajol, confesso que nunca achei muito boa atriz.A coisa é que gosto dela por parecer muito simpática.Depois de Fanaa que comecei a gostar do trabalho dela, e percebi que quem a estraga aos meus olhos é (sempre) o Karan Johar.Eu tinha vontade de dar um soco nela em KKKG, que vozinha irritante!!Bem, espero que MNIK seja muito bom para compensar o tanto que estou ansiosa com a espera.Pelo menos a história é um pouco diferente, apesar de o casal de sempre estar lá.DDLJ também é legal, ela não está enjoadinha.Kajol é uma fofa.Como é que se fala Kajol?

Pri, veja Omkara.

Ibirá Machado disse...

Cadjol ;)

Lívia disse...

Confesso que esperava mais comentários sobre ela já que é uma atriz muito popular e querida.
Só uma coisinha quando alguém da familía dela concorre a algum premio os concorrentes devem tremer, quando elas chegam não tem pra ninguém, daqui uns anos elas podem montar um museu de prêmios da familía Mukherjee kkkkkkkkkkkkk.

Ibirá Machado disse...

Você tem razão, Lívia. Mas acho que isso se justifica pelo fato de ela ter sumido das telonas por vários anos, e daí muita gente não conhece muito ela...

Anônimo disse...

Nossa começei a assistir My name is Khan só pq achei essa Atriz Linda. sem pretensão. Mas chorei a beça. Belo filme Ela é a juliana Paes da India certo?

Ibirá Machado disse...

A Kajol é linda, mesmo, mas a Juliana Paes era comparada à Aishwarya Rai...