terça-feira, 3 de novembro de 2009

Akshay Kumar - अक्षय कुमार

-

Babem, hoje é dia de falarmos dele, Akshay Kumar, o ator mais bem pago dentre todos os astros de Bollywood do momento. Não existe razão clara do porquê não termos falado dele até agora; as coisas vão acontecendo meio naturalmente neste blog, de acordo com o momento, de acordo com demandas, de acordo com promessas. E enfim, Akshay era uma promessa, e finalmente aqui está a postagem sendo cumprida - e espero que ao gosto do freguês!

Akshay não se chama Akshay; e nem sequer Kumar ele é. Em verdade ele é Rajiv Hari Om Bhatia, nascido no Amristar (Punjab), no dia 9 de setembro de 1967. Ainda pequenino, sua família foi transferida pra Delhi, pois seu pai era funcionário público. Akshay, ops, Rajiv, cresceu em Chandni Chowk, na velha Delhi. Mas também não pra sempre. Quando adolescente, mudaram-se pra Mumbai, e lá ele estudou primeiro na Don Bosco School e depois na Khalsa College, onde criou gosto pelos esportes.

Pra tentar ganhar a vida, mudou-se pra Bangkok, na Tailândia, onde trabalhava como chef de um restaurante, enquanto aprendia artes marciais, sua paixão. Depois de um tempo, retornou a Mumbai, onde começou a dar aulas de artes marciais. Por sorte do destino, um de seus alunos era um fotógrafo que lhe recomendou trabalhar como modelo, já oferecendo a ele uma proposta pra posar pra uma sessão de fotos a uma pequena agência.

Ele topou, ainda receoso, mas por duas horas de fotos ele ganhou mais que o salário que ganhava por mês como professor de artes marciais. Não teve jeito, o caminho estava aberto. E tão logo o caminho abriu-se, poucos meses depois de desfilar e posar por aí, foi convidado para o primeiro papel em Bollywood, no desconhecido filme Saugandh (1991). Em 1992 já estava em quatro filmes, sendo Deedar o primeiro filme de Akshay em papel de protagonista.

Em 1993, apareceu em cinco fracassos. Mas em 1994, Akshay foi ao limite: apareceu em 12 diferentes filmes, tendo sido indicado ao prêmio de melhor ator pelo Filmfare Awards com o filme Yeh Dillagi. Outros dois filmes do ano, Main Khiladi Tu Anari e Mohra foram uns dos que mais lucraram no ano. Ele inevitavelmente já era alguém em Bollywood.

Nos dois anos seguintes ele apareceu em apenas cinco filmes, mas dois deles, Sabse Bada Khiladi e Khiladiyon Ka Khiladi, foram mega sucessos, seguindo a série "Khiladi". Em 1997 ele estava num dos filmes de maior sucesso de Bollywood, Dil To Pagal Hai, com Shahrukh Khan e Madhuri Dixit como protagonistas. 1998 e 1999 foram anos de poucos sucessos, mas Akshay subiu mais ainda no conceito da crítica com seus papéis em Sangharsh e Jaanwar.

O ano 2000 foi um ano importante para Akshay: foi a primeira vez que ele fez um papel cômico, no filme Hera Pheri. E não só bastasse ter sido a primeira vez, foi também um super sucesso. E também no ano seguinte ele conquistou ainda mais público com o filme Ajnabee, no qual ele fez o primeiro papel de vilão, ganhando também o primeiro Filmfare Award de melhor vilão. Em 2002 ele foi também muito bem recebido com o papel de um cego em Aankhen. Mas tendo ele sido descoberto como um excelente ator para comédias, atuou então em Awara Paagal Deewana (2002), Mujhse Shaadi Karogi (2004) e Garam Masala (2005). Este último deu a ele o prêmio de melhor ator de comédia, na mesma premiação.

Nesse meio tempo, foram também sucessos seus papéis de ação nos filmes Ek Rishtaa (2001), Bewafaa (2005) e Wagt: The Race Against Time (2005).

Em 2006 veio Phir Hera Pheri, a continuação de Hera Pheri, de novo um super sucesso. No final do mesmo ano, Akshay apareceu ao lado de Salman Khan no filme Jaan-E-Mann, cujo papel foi bem elogiado, e no sucesso Bhagam Bhag.

Mas eis que veio 2007. Alguns arriscam dizer que o sucesso que Akshay fez em 2007 não foi feito antes e nem depois por nenhum outro ator bollywoodiano, com quatro filmes seguidos de super sucesso. O primeiro deles, Namastey London, estourou nas bilheterias. Daí veio então Heyy Babyy e depois Bhool Bhulaiyaa, que seguiram estourando. Seu último do ano, Welcome, bateu o recorde de quinto filme seguido de super sucesso para um ator de Bollywood (considerando Bhagam Bhag, do ano anterior).

E então veio 2008 com o filme Tashan, que não fracassou mas também não foi o mesmo sucesso dos anteriores. O segundo do ano, Singh Is Kinng, foi tão bem sucedido que bateu o recorde de bilheteria na primeira semana de estreia, antes pertencente a Om Shanti Om. Agora em 2009 fez Chandni Chowk to China, a primeira produção da Warner Bros em Bollywood, em 8x10 Tasveer, em Kambakkht Ishq e em Blue. Somente os dois últimos fizeram sucesso, embora não no nível dos de 2007. Para 2010 já há quatro filmes no prelo com Akshay no elenco.

Bom, Akshay é casado com a atriz Twinkle Khanna desde 2001, com quem teve o garoto Aarav, em 2002. Em abril desse ano, o casal foi autuado durante a Lakme Fashion Week, após Twinkle desabotoar o jeans de Akshay durante uma performance. Devem ter ficado com medo de ver a arma do super Akshay!

E em 2006, Akshay uniu-se a Saif Ali Khan, Preity Zinta, Sushmita Sen e Celina Jaitley para o tur mundial do Heat 2006, uma série de shows para alertar sobre o aquecimento global.

Para finalizar, acho que é importante dizer que o que Akshay ganha dos outros nem é tanto pelo talento, mas sim pelo seu carisma e simplicidade. Ele não demonstra ter pretensões de nada; conquista o que tem que conquistar com o que é, não com o que tenta ser. E por isso ele merece estar onde está. Estou errado?

21 comentários:

Profª Sandra disse...

Nao ha o que comentar, so muito a babar....... hehehehe ;)

Monique Rosa, rosa rosa disse...

"Devem ter ficado com medo de ver a arma do super Akshay!"
Fiquei com dor no estomâgo de tanto rir.

Lindinalva disse...

so tenho a dizer......wowwwwwwwwwwwwww

Lindinalva disse...

eu so tenho a dizer tambem......WOWWWWWWWWWWW

barbie-o disse...

Ibirá, Ibirá... esse texto tá genial!
O Akshay é o máximo. Sei de uma pessoa que baaaaaba só de pensar nele, vou já avisar para vir aqui ao teu blog :P
(Mas também, quem não baba? Ele além de lindão é super engraçada e despretensioso.)

Ibirá Machado disse...

:D

Carol disse...

Eu nunca vi um filme dele,e fico com preguiça só de pensar em ver :D Ando numa maré de azar com os filmes de Bollywood que escolho para ver ;/

Não tenho muito a dizer sobre o tio,a não ser que ele parece simpático.Na verdade,ele é o clássico "não fede e nem cheira".Pelo que está escrito,ele merece,sim,o sucesso que tem.

"Devem ter ficado com medo de ver a arma do super Akshay!"

A frase foi tão inesperada que nem ri,só fiquei meio chocada por dar de cara com uma piadinha dessas no meio do texto.Genial HAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHHAHAA :D

Carol disse...

Ando ouvindo falar de Chandni Chowk em todo lugar...

Vinicius disse...

Eu Virei fã desse ator depois que assisti Chandni Chowk To China pois adoro filmes de Comédia e a mesma coisa digo de Abhishek Bachchan e o filme Dostana.

Li sobre Tashan aqui no Blog achei a Legenda mais não consegui baixar a o Torrent acho que estava com defeito :(

Já Kambakkht Ishq eu queria muito assistir pelo trailer parece ser muito bom e tem a Participação de alguns Atores de Hollywood e eu gostaria de ver essa mistura rsrsrsrs.

Abraços...

barbie-o disse...

Carol, vê esse filme, é muito hilário :D

Na minha dislexia, eu li "a super arma do Akshay" :D :D :D

Ibirá Machado disse...

Eeeee Barbie! Isso é mais um ato falho do que dislexia, hein! hahahaha ;)

barbie-o disse...

:D
Sim, para mim o Akhsay é a coisa mais macha que existe. Nota, isto não é nem positivo nem negativo. Mas ele é.

Ibirá Machado disse...

"coisa mais macha" foi boa, mas acho que tenho que concordar. ;)

Iseedeadpeople disse...

HAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHU EU QUERO VER A SUPER ARMA DO AKSHAY!!!!!

Ibirá Machado disse...

Eeee mulheres afoitas! É "arma do super Akshay"! hahahaha

Lívia disse...

O Akshay é um gato, um tipão, um dos mais belos do cinema indiano claro que perde para o maravilhoso, vitaminado, sarado, lidíssimo, carismático, Deus Grego, Deus Hindu Hritik Rosham, resumindo quando ele foi nascer Deus disse pra ele desce e arrasa hahahahah. Eu acho interessante que quando vejo Akshay ele lembra muito o biotipo espanhol e não indiano. Quase morri de ri dos comentários da super arma do akshay kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, acho ele como foi descrito no texto despretensioso com o objetivo de entreter, divertir e com um carisma e empatia enorme com o publico, fora que nem precisa se esforçar pra ser sexy.

Isa disse...

Eu e a minha amiga chamávamos o Akshay de "tiozão". Eu até hoje não sei por quê, mas ele não tem uma cara de tiozão?

Não acho justo ele ser o mais bem-pago. Apesar de que ele também é gato. E simpático.

Foto sugestiva, essa do final. Hoho.

VERA disse...

eu adoro Akshay kumar..alem de ser um bom ator,ele dança maravilhosamente,tem um olhar incrível..e o principal ,ele é simples,natural e bastante digno..isso é o que mais me impressiona nele..Além claro de ser um homem lindo!!

Carolyne disse...

Agora já o conheço e sou fã, fã e fã!Jaan-E-Mann é dele, só dele!

Ainda não aceito essa da "arma do super Akshay"...ou super arma do Akshay.

Gatz em Tashan, gatz em Jaan-E-Mann, só menos gatz que o Riteish em Heyy Babyy.Estou meio apaixonada, gente.E ainda só consigo ler "super arma do Akshay".

Ibirá Machado disse...

Carol, você e a mulherada toda tá apaixonada. Mas vem cá, e o Shahid na história?

Carol disse...

Shahid é outra história.

Gente, estou amando demais nos últimos dias.Uma mistura de suspiros por Akshay, Riteish, Rishi, Ranbir(sim)...tanto amor faz mal.