sábado, 23 de maio de 2009

Hrithik Roshan - ऋतिक रोशन

=

Seguindo nossa série das celebridades do cinema indiano, agora é a vez de um ator ser contemplado, já que na última vez tivemos uma atriz. O escolhido foi Hrithik Roshan, atualmente um dos mais famosos de Bollywood. Hrithik representa a grande mudança estética de Bollywood a partir dos anos 2000, com evidente exploração da imagem do corpo. Ele é um dos maiores símbolos sexuais masculinos da Índia.

Nascido no dia 10 de janeiro de 1974, Hrithik Rakesh Roshan também vem de uma família que há tempos já estava no mundo dos cinemas, tal qual muitas das outras celebridades. Seu pai, Rakesh Roshan, hindu do Punjab, é diretor de cinema que, por sua vez, é filho do diretor musical Roshan. Sua mãe, Pinky, é filha de J. Om Prakash, produtor e diretor. Seu tio, Rajesh Roshan, é também diretor de música.

Estudou a infância toda na Bombay Scottish School. Depois entrou na Sydenham College, onde graduou-se em comércio (pra quê essas pessoas ainda fazem uma faculdade que em nada tem a ver com o que elas já sabem que seguirão a gente não sabe). Mas antes de contar que logo ele entrou pro mundo do cinema, deixe-me dizer um pouco mais de sua vida particular.

No dia 20 de dezembro de 2000, ele casou-se com Sussane Khan (hoje Sussane Roshan), uma designer de interiores, filha do ex-ator Sanjay Khan. Eles tiveram o primeiro filho, Hrehaan Roshan, em 2006, e o segundo, Hridhaan Roshan, em 2008. Agora neste mês de maio foi anunciado que Sussane está grávida do terceiro filho.

Bom, nos anos 80, ainda criança, Hrithik apareceu em três filmes, mas passou toda a década de 90 por trás das câmeras, como assistente do pai. No ano 2000, porém, veio com tudo. Estrelou no filme Kaho Naa... Pyaar Hai, dirigido por seu pai, aparecendo como protagonista masculino ao lado de Amisha Patel. O filme acabou sendo o maior sucesso do ano, além de ter levado o prêmio de melhor filme no Filmfare Awards. Hrithik virou estrela da noite pro dia, levando ambos os prêmios de melhor ator estreante e melhor ator no mesmo Filmfare Awards. No mesmo ano ele ainda estrelou nos filmes Fiza, que embora tenha fracassado nas bilheterias, também deu a Hrithik uma indicação ao prêmio de melhor ator, e em Mission Kashmir, que foi o terceiro maior sucesso do ano.

Em 2001 estrelou em Yaadein e Kabhi Khushi Kabhie Gham. Esse último foi o segundo maior sucesso do ano e deu a Hrithik várias indicações, mas nenhum prêmio. Em 2002, todos os três filmes em que ele apareceu fracassaram. Foram eles Mujhse Dosti Karoge!, Na Tum Jaano Na Hum e Aap Mujhe Achche Lagne Lage.

No ano 2003, apareceu no filme de ficção científica Koi... Mil Gaya, dirigido por seu pai. Foi o maior sucesso do ano e deu a Hrithik o segundo prêmio de melhor ator no Filmfare Awards, além do prêmio de melhor ator dado pela crítica.

Depois em 2004 estrelou o fracassado Lakshya, embora sua performance tenha sido elogiada. Fez uma pausa em 2005, para em 2006 estrelar um dos maiores sucessos de sua carreira até agora, Krrish, uma continuação de Koi... Mil Gaya. Nesse filme ele interpreta um super-herói, o que foi super bem recebido pela indianada que já via ele naturalmente como tal. Krrish deu a ele vários prêmios, mas não do Filmfare Awards.

Em 2006, finalmente, fez seu primeiro papel de vilão no filme Dhoom 2, no qual fez par com Aishwarya Rai. Esse filme foi o maior sucesso do ano e um dos maiores sucessos da história de Bollywood e deu a Hrithik o terceiro prêmio de melhor ator no Filmfare Awards. O sucesso desse filme, porém, é controverso. Muitos acreditam que se dá muito mais pelo fato de em parte se passar no Rio de Janeiro (na praia Cocabanana, como diz um dos personagens), onde aparecem mulheres de biquínis, além de ter uma cena raríssima de aparecer no cinema indiano: um beijo, aqui entre Hrithik e Aishwarya.

Pausou de novo em 2007 para dedicar-se ao filho, mas retornou em 2008 com o de novo sucesso Jodhaa Akbar, de Ashutosh Gowariker, onde fez par de novo com Aishwarya Rai. Ele levou o quarto prêmio de melhor ator no Filmfare Awards com esse filme. Neste momento ele está nas filmagens do filme Kites, no qual fará par com a atriz mexicana Bárbara Mori, e acaba de assinar um contrato com Sanjay Leela Bhansali para parear de novo com Aishwarya no filme Guzarish. Também está prometido para 2010 o filme Krrish 2.

16 comentários:

barbarella disse...

"pra quê essas pessoas ainda fazem uma faculdade que em nada tem a ver com o que elas já sabem que seguirão a gente não sabe" --> eheheh, concordo!

Profª Sandra Bose disse...

Nossa, ate perdi o folego! ;)

Meu filme favorito com este deus grego, ou melhor, indiano rssss eh o Koi mil gaya (ou seja la como se escreve isso!)

Eh uma versao do film E.T. do Spilberg.

Aqui que fofura, que vontade de trazer pra casa! uhuhuhuhuh :)

Ibirá Machado disse...

Barbarella: Né!

Sandra: Tava esperando algo do gênero vindo de vc.. rs ;)

Sueli disse...

Faltou vc comentar um dos meus preferidos com ele: Mission Kashmir!

E claro...concordo com a Sandra! Que FOFO!

Ibirá Machado disse...

Sueli, eu comento sim desse filme, no quinto parágrafo!

Luiz लुईज़ disse...

Acho ele bom ator, naada de muito especial. Mas sem dúvida é o melhor dançarino da cena atual rs, merece o crédito.

FRIZERO disse...

A atuação dele é impecável em "Jodhaa Akhbar"! Conquistou-me como fã nesse filme!

Um adendo: as pessoas não cursam uma universidade apenas pensando numa carreira futura. Não é o primeiro ator ou atriz a fazer isso. Certamente o curso em Comércio o auxilia hoje em sua vida no cinema.

Ibirá Machado disse...

Luiz, isso é fato... deve ser essa cara e jeito de latino que ele tem... rsrs

Frizero, você tem razão em relação à universidade. Eu mesmo sou exemplo disso. :)

Sonia disse...

eu n vi nehum comentario do fime missao kaschir pra mim um dos melhores filme indiano sendo Hrithik Roshan
o ator principal no papel de vilao
por sinal meu primeiro filme indiano assistir umas 200 vezes
mateus

Ibirá Machado disse...

Essa postagem é pra falar de Hrithik, não de filmes. Os filmes em que ele atuou e que foram grandes sucessos, ou que deram a ele prêmios, mereceram algumas palavras mais. Não foi o caso de Mission Kashmir... mas não se preocupem, assim como vários outros filmes, este qualquer hora ganhará sua postagem específica. Esse blog não tem nem um ano de vida, e além de ver filmes e falar sobre eles, tenho que falar sobre muitas outras coisas que envolvem o cinema indiano, não só Bollywood. Além disso, eu não tenho como viver do blog, então tenham paciência!!! ;)

Fátima disse...

Adoro esse blog!É muito bonito visualmente.Gosto desse fundo preto e da forma como os textos,as fotos e os vídeos estão dispostos.Aprendo muito aqui...
A melhor universidade é a própria vida.Bom mesmo é poder fazer o que se gosta e partilhar com quem tem interesses semelhantes.Esse blog tem o diferencial de tratar sobre cinema e publicidade indianos de forma clara,sensível e bem humorada.
Parabéns Ibirá!

Ibirá Machado disse...

Minha nossa, mas muito obrigado!!! É sempre MARAVILHOSO receber esse tipo de retorno :)

bahut bahut dhanyavaad!

sheila alvarenga gogoi disse...

Nossa, que lindo ele em Jodha Aakhbar...um dos poucos homens que ficam lindos de bigode uau!!!

Achei engraçado o nome dos filhos...tudo começando com "Hr" ,me deu até nó na lingua!!!

Ibirá Machado disse...

Haha, pois é Sheila, vamos esperar pra ver o nome do próximo. Fiquei pensando se for menina... será que começará também com Hr?

Tati disse...

Eu acabei de assistir KITES e ameiiii...

tunga vidya e krishna shakti disse...

ele e maravilhoso,e quando trabalha com aishwarya eles sao imbativeis,os melhores do mundo,