terça-feira, 3 de março de 2009

Astro de filme ganhador de Oscar leva surra do pai em público

_

A professora Sandra Bose, do Indi(a)gestão, enviou-me agora mesmo uma reportagem que saiu no site do Jornal do Brasil, sobre a agressão que uma das crianças do filme Quem Quer ser Milionário? sofreu do próprio pai. Acho que vale a pena postá-la aqui, já que estamos todos discutindo sobre isso, não só no Brasil, mas em todo o mundo.

Astro de filme ganhador de Oscar leva surra do pai em público
Portal Terra

MUMBAI - O ator-mirim Azharuddin Mohammed, que interpreta o Salim em Quem quer ser um Milionário?, foi surrado pelo pai em público depois que se recusou a dar entrevistas a uma rede de televisão em Mumbai, na Índia. Segundo o tablóide The Sun, Ismail Mohammed, deu tapas no rosto da criança e a chutou na barriga. As imagens foram registradas pela mídia indiana.

Depois da surra, Azharuddin caiu no choro e disse aos repórteres que estava cansado para dar entrevistas. Na quarta-feira, ele passou quase 24 horas entre o aeroporto de Los Angeles e a viagem para a Índia.

A mãe do garoto chorou diante das câmeras e pediu desculpas pelo marido, que depois disse estar "arrependido".

- Eu estava confuso e estressado com o retorno do meu filho e não me controlei. Eu amo ele e estou feliz que ele tenha voltado - declarou.

Devido ao esgotamento da maratona, Azharuddin não foi à escola nesta sexta-feira. O diretor Danny Boyle e os produtores do filme prometeram acompanhar todas as crianças que participaram de Quem Quer ser um Milionário? até a idade adulta. O cachê foi trocado por serviços de saúde, alimentação e educação.

17:34 - 27/02/2009

5 comentários:

تمارا disse...

Nossa mas q surra hein?! q pai q faz isso bate no rosto e chuta a barriga???

Carlos disse...

Já tinha visto essa notícia antes, achei inclusive que encontraria postado aqui a algum tempo, mas esse tempo me fez pensar se o pai do garoto estava certo ou errado e descobri que não sou eu quem devo julgá-lo. Coisas diferentes, culturas diferentes... eu não faria isso, mas não estou por lá né..hehe

Profª Sandra Bose disse...

Gostaria de ver aqui a sua opiniao quanto ao trabalho infantil no cinema.
Eh obvio que os pais das criancas que participaram deste filme sao muito interesseiros e exploraram o trabalho de seus filhos para melhorarem suas condicoes de vida. O que vc acha disso? Eh ou nao exploracao do trabalho infantil?

Ibirá Machado disse...

Bom, essa situação é muito ambígua. Isso é, sim, trabalho infantil, claro, mas não necessariamente exploração. A criança também tem desejos e duvido que nesses casos elas não quisessem ter trabalhado no filme. Que criança não deseja aparecer na TV ou cinema, ainda mais se for indiana? Se for verdade que Danny Boyle deu um cachê menor às crianças em troca de pagar a educação e saúde delas até que fiquem adultos, essa foi uma ótima jogada dele. Se as crianças recebessem dinheiro, é óbvio que iria pros pais e as crianças jamais veriam o sabor desse cachê. Mas educação e saúde tem um outro valor e Danny Boyle faz com que o "preço" dessas crianças fiquem em um patamar elevado e não explorado, entende?

Mas o ambíguo que eu coloco tem a ver, é óbvio, com uma exploração conjunta que também ocorre, inevitavelmente. Mas a exploração do trabalho também ocorre comigo, que não sou criança e, portanto, não sou "protegido" disso... enfim... o pior é mesmo a posição dos pais dessas crianças, que, se também for verdade que eles pediram casa e conseguiram, é uma situação complicada, pois na minha opinião é abuso em cima do que merecem as crianças, não eles.

Profª Sandra Bose disse...

Agradecida! :)

Agora ca entre nos Ibirah, qual eh o indiano que nao explora???? Isso em todos os niveis e todos os sentidos!