segunda-feira, 4 de maio de 2009

Edinburgh International Film Festival

.

Todos os anos, um super festival de cinema ocorre em Edimburgo, a capital da Escócia, no Reino Unido, mas esse ano eles decidiram por uma intervenção um pouco diferente - e caricata, eu diria. Esse ano o festival contará com algumas exibições de filmes bengaleses e a organização teve a ideia de transformar a catedral de São João, no centro de Edimburgo, em um pedaço da Índia bengalesa, com direito a figueiras banyan, sons da selva e incensos. Ah sim, e terá também uma tela de cinema ali dentro.

Antes que eu deixe aqui pra vocês a tradução da reportagem que encontrei falando sobre isso, aqui vão algumas informações importantes para quem, por ventura, pensar em aventurar-se em terras escocesas à época do festival:

Quando? - 17 a 28 de junho
Quanto? - Entre 8 de maio e 17 de junho, é possível comprar 4 ingressos por 24 libras (cerca de 77 reais), adicionando 6 libras (19 reais) para cada novo ingresso. Durante o festival, porém, não haverá essa promoção e os ingressos serão mais caros.

Mais informações no site oficial do festival.

É um pouco caro para nossos padrões brasileiros, mas se alguém já tiver feito o esforço de ir à Escócia, por que não aproveitar? E claro, a dica vale para os portugueses também, que obviamente estão muito mais perto de lá do que nós. É só vestir a saia kilt e divertir-se no festival!

Banyans e sons de macacos trazem o cinema bengalês à vida
por Tim Cornwell, da news.scotman.com, 30 de abril

Uma igreja no coração de Edimburgo será transformada num cinema bengalês com figueiras da Índia, sons de macaco e aromas da Índia no Festival Internacional de Cinema de Edimburgo desse ano. Mark Cousins, diretor e crítico de cinema, criou uma mistura com o excêntrico Cinema dos Sonhos no Festival de Cinema de Nairn que ele criou com a atriz Tilda Swinton ano passado.

Dessa vez ele mostrará três dias de filmes indianos em seu Cinema Paraíso na convertida Catedral de São João, na Princes Street. "Quando as pessoas passarem em frente, espero que eles dêem um pulo da Escócia ao West Bengal", disse Cousins.

A atriz indiana Sharmila Tagore, que estrelou filmes de mestres bengaleses como Satyajit Ray, será uma das convidadas para o evento.

Alguns cartazes serão pintados à mão, evocando os famosos pôsteres de cinema indiano. Haverá sons da selva e odores da Índia estarão no ar deixados por incensos e queimadores de óleos essenciais.

A índia produz 800 filmes por ano e não é tudo que vem de Bollywood. "O cinema bengalês é o mais artístico e criativo da Índia, mas ele não é conhecido."

A Sala Paraíso, com 130 lugares, mostrará filmes de Ray, Ritwik Ghatak e Tapan Sinha

6 comentários:

Profª Sandra Bose disse...

Ainda ontem assisti um filme bengales bom e que recomendo pois trata da falta de boas oportunidades de emprego em Kolkata e da ida da geracao mais nova (filhos) para paises de primeiro mundo. Os pais ficam para tras em Kolkata e bate a Sindrome do Ninho Vazio nos idosos.
Vale a pena assistir pois eh da nova safra do cinema bengales. Ta curioso? rsssss o filme chama-se BALLYGUNJ COURT, sendo que este nome refere-se ao predio de condominio onde moram os personagens.

Profª Sandra Bose disse...

Eu novamente pra dar a ideia de soltar um tigre dos sundarbans bem faminto dentro da catedral hehehehe
ao invez de incenso, MOSQUITOS daqueles que picam bem doido e que tem muitos la em Kolkata :) hahaha

Profª Sandra Bose disse...

Esta frase aqui me chamou a atencao:
"O cinema bengalês é o mais artístico e criativo da Índia". Como sou a brasileira que mais assiste filmes bengaleses pois sou casada com um bengales. Devo dizer que esta esta 50% correta.
O cinema bengalês é o mais artístico, isso com certeza! mas NAO eh o mais criativo, pelo contrario, a maioria dos filmes baseiam-se em fatos e estorias reais. Eh um cinema muito pe no chao, muito critico, pra galera intelectualizada. NAO tem cenas de danca como em Bollywood. Sao filmes serios e dramaticos e as poucas comedias sao bem simples, eles preferem mesmo um bom drama baseado na vida real. Chega a ser deprimente assistir muitos filmes bengaleses em seguida como eu costumo fazer. Tem que estar com o emocional em dia!!

Ibirá Machado disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! "que picam bem doido" foi muito boa, Sandra!

E muitíssimo obrigado pela dica do filme bengalês. Vou ver se consigo baixá-lo. :)

Ibirá Machado disse...

E sobre não ser criativo, informação anotada! Eu apenas traduzi o que o moço que optou pela caricatura indiana em plena catedral disse! hehe...

Star Childrens disse...

Olá Ibiá. Obrigada pela visita e pelo comentário. Os creditos fora colocados. Amei o seu blog
Confira os cresitos do texto
http://starchildrens.blogspot.com/2009/04/como-estrelas-na-terra-toda-crianca-e.html