sexta-feira, 21 de maio de 2010

Bheja Fry (2007)

-

Bheja Fry é um filme totalmente independente em língua hindi, mas que surpreendentemente conquistou uma respeitável admiração pelo público comum de Bollywood, fazendo um sucesso razoavelmente inesperado no país.

Dirigido por Sagar Ballary, o filme estrela o inseparável - e hilário - trio Rajat Kapoor, Ranvir Shorey e Vinay Pathak, contando ainda com a participação de Sarika e Milind Soman. Sem pretensão alguma de ser original, Bheja Fry é na verdade uma refilmagem da comédia francesa Le Dîner de Cons. E é uma comédia bem simples, muito simples, aliás, mas brilhantemente interpretada pelos três.

E então Ranjeet Thadani (Rajat Kapoor) é um produtor musical que tem como hobby com os amigos realizar jantares às sextas-feiras, nos quais sempre convidam algum artista de segunda linha, apenas para zoarem com a cara do coitado. Um desses amigos de Ranjeet, um belo dia, está viajando de ônibus e tem a (in)feliz sorte de sentar ao lado de Bharat Bhushan (Vinay Pathak) , um cantor semi-profissional, ingênuo de tudo, e que adora mostrar seus talentos pra quem estiver por perto - o que inclui revelar um bem cuidado livro de recortes e afins sobre sua carreira. O amigo de Ranjeet não tarda em pegar o contato de Bharat e repassá-lo a Ranjeet, acreditando que ele possa ser uma ótima atração pro jantar de sexta.

Ranjeet de fato convida Bharat ao jantar e o pobre obviamente fica muito feliz, acreditando ser uma oportunidade de deslanchar sua carreira. Acontece que no dia combinado as costas de Ranjeet travam, obrigando-o a cancelar o jantar com os amigos. Mesmo assim, decide receber Bharat.

E é daí que as coisas começam - e parecem que nunca mais vão parar. Pra começar, pouco antes de Bharat chegar na casa de Ranjeet, Ranjeet discute com sua esposa, Sheetal (Sarika), que não coincidentemente é também uma cantora. E ela então sai de casa quando o médico chega pra olhar a situação das costas de Ranjeet. E depois disso é que chega Bharat.

Mal o coitado chega e Ranjeet já vê o nível da inteligência de Bharat. Pra ajudar, suas costas decidem travar ainda mais e Ranjeet pede pra que Bharat ligue novamente ao médico, pois ele não conseguia nem se mexer. Mas Bharat confunde o número da agenda e liga pra amante de Ranjeet. E antes que ele percebesse que era engano (ele pensou que fosse a esposa do médico ao telefone), Bharat conta à amante que Ranjeet está não só travado, como também sua esposa havia ido embora depois de uma briga.

Não demora pra que percebam o engano, mas já era tarde demais e a amante decide ir à casa de Ranjeet. Nesse meio tempo, Ranjeet quer saber onde está sua esposa, e Bharat se oferece para ajudar, ligando ao ex-namorado de Sheetal, Anant (Milind Soman), fingindo ser outra pessoa. E pra variar Bharat fala mais do que deveria e Anant percebe o que se passa - e vai à casa de Ranjeet. Anant então diz a Ranjeet que é muito possível que Sheetal esteja com Keval Arora, outro produtor musical e concorrente de Ranjeet.

Bharat então diz que um amigo dele, Asif (Ranvir Shorey), um dedicadíssimo funcionário da Receita indiana, poderia conseguir o contato de quem quer que fosse. E acho melhor eu ir parando por aí, senão vou contar demais e as melhores partes seriam reveladas. 

E como disse no começo, o filme não tenta ser original e digo agora que menos ainda ele tenta ser verossímil. Mas isso definitivamente não importa. Os personagens de Ranvir e Vinay são particularmente caricatos, em exagero, aliás, e é isso que deixa tudo tão hilário. Não deixem de conferir.

-

4 comentários:

Carolyne disse...

Não leio postagens de filmes desde que você contou segredos de 3 Idiots, humpf.

Ibirá Machado disse...

Mas eu passei a me controlar, juro!

E obrigado por estrear essa postagem. Achei que ninguém ia escrever :p

Proteste e Declare Amor! disse...

Ei quero ver esse... se conseguir baixar em 4 dias,né?
Será que eu acho esse filme p/baixar.

Ibirá Machado disse...

Olha só, eu baixei ele, e se me lembro bem levou mais de quatro dias, mas baixei! E também as legendas estavam em inglês.